Saiba tudo sobre Planeta dos Macacos

macacos

Três anos depois da estreia de Planeta dos Macacos – A origem, a sequência tão aguardada pelos fãs chega aos cinemas brasileiros.

A sequência chega com pompa de grande produção e promete deixar ainda mais vidrados os telespectadores que viram César ser criado e cuidado pelo cientista Will Rodman (vivido por James Franco), em 2011.

O roteiro continua a contar a história do evoluído César. O símio, 15 anos depois de conquistar sua liberdade vive com os outros macacos em uma floresta bem próxima da cidade de São Francisco, nos Estados Unidos.

Mas o clima de paz e harmonia criada na comunidade liderada pelo macaco, que acredita que a espécie pode sobreviver se todos se apoiarem, vai ser abalada por uma caça desenfreada e frenética por novos cientistas.

Os cientistas querem usá-los como cobaias para criar uma vacina capaz de acabar com o vírus símio, que vem exterminando cada vez mais humanos da face da terra.

Com roteiro assinado por Mark Bomback, Rick Jaffa e Amanda Silver é possível ficar fissurado a cada flash da história que mostra simultaneamente a raiva dos humanos. Ainda mais que os humanos estão morrendo graças ao vírus criado em laboratório e que os acaba fazendo nutrir um ódio doentio e mortal pelos macacos.

As cenas muito bem feitas acabam por revelar como César e seus companheiros estão passando de geração para geração tudo o que sabem.

Evolução dos símios

Por isso, se de um lado temos uma sociedade destruída e cheia de rancor, por outro a forma como os símios vem evoluindo e aprendendo a passar toda a sua experiência para os mais novos acaba por nos levar ao final mais lógico.

O homem deverá mais uma vez tentar impor sua força e mania de superioridade e fazer dos macacos seres acorrentados e escravos de laboratórios e pesquisas científicas.

E é exatamente isso que Dreyfus faz, com o plano de invadir a comunidade e caçar os macacos. Um dos últimos dos sobreviventes da espécie humana, tem a certeza que poderá encontrar a cura do mal que assola todos os homens e mulheres se puder transformar novamente os primatas em cobaias. Bem como encontrar a vacina capaz de transformar o mundo novamente em um lugar seguro.

Por outro lado, vemos o ex-arquiteto Malcolm que acredita que o plano pode não ser vantajoso para nenhum dos lados. Seguramente é o pior caminho a se seguir.

O personagem perde sua esposa pela gripe, mas mesmo assim não sente raiva ou ódio dos macacos e tenta da melhor maneira possível negociar um meio de entrar no território das florestas e tentar descobrir na usina elétrica desativada a cura de sua espécie.

Mesmo conseguindo com que no início humanos e macacos trabalhem juntos, Koba, o segundo na sucessão dos Símios tentará aniquilar César e assim acabar também com os humanos.

Curiosidades de Planeta dos Macacos: A Origem

Aliás, boa parte do filme se passa com a interação dos dois e da excelente atuação de Andy Serkis, que já havia interpretado César na versão passada.

Agora mais velho, o líder dos símios está mais maduro e centrado. A interpretação de Serkis atinge o ápice, principalmente se notarmos o quanto o ator é capaz de transmitir apenas com o olhar.

Vale lembrar que o ator britânico é um especialista na técnica de captura de movimento. Consta em seu currículo personagens enigmáticos como Gollum do Senhor dos Anéis e King Kong.

Os efeitos especiais e o trabalho de toda a equipe técnica da produção é o que mais vai impressionar na sequência de Planeta dos Macacos. Afinal, com ares realistas ficamos novamente hipnotizados com as semelhanças dos macacos.

Do mesmo modo, chegamos até mesmo a duvidar que todos os personagens da espécie que aparecem são obra de computação gráfica. Os detalhes e interpretações são tão similares a realidade que em alguns momentos chegam a assustar.

Para quem espera mais ação, O Planta dos Macacos – O Confronto, cumpre bem o seu papel e nos prepara para o que deve ser um fim solene para a saga. Fica bem evidente que a trégua entre humanos e macacos está a um fio de ser rompida.

Com pouco mais de duas horas de exibição o longa conta com a direção de Matt Reeves (Cloverfield e Deixe-me Entrar) e no elenco tem nomes como Jason Clarke, Gary Oldman, Keri Russell, Toby Kebbell, Kodi Smit-McPhee e Judy Greer.

Compartilhar
Twittar
+11
0 Compart.