Aviões 2 – Heróis do fogo ao resgate

Se tratando de uma produção da Disney, Aviões 2 é uma animação que cai na trágica superficialidade, dando ares de uma franquia já desgastada. É Roberts Gannaway quem dirige o filme – ele foi, também, codiretor de “Tinker Bell – O Segredo das Fadas” e “Stich – O Filme”. Como diretor, essa foi a primeira vez que Gannaway atuou, e não se trata, especificamente, de um diretor fantástico, criativo ou original.

Na saga de Aviões 2 – Heróis do fogo ao Resgate, Dusty, depois de virar uma estrela das corridas de aviões, vive o auge do sucesso, sendo convidado para várias competições importantes.

O grande “drama” do filme é quando Dusty sofre uma pane, durante um treinamento, e é avisado que não estará mais em condições de competir. O aviãozinho, então, para de participar das competições e, devido a um acidente, se torna um avião-bombeiro.

Todo o enredo do filme se concentra nessa história, que soa um tanto quanto clichê. Dusty começa a treinar para ser um bombeiro e conhece o veterano Blade Ranger, um helicóptero da brigada aérea de incêndio. Na verdade, o Aviões 2 não se difere e não inventa nada além do que foi apresentado na primeira versão. O diretor Gannaways não arrisca.

Nas vozes originais, Dane Cook, Ed Harris, Hal Holbrook e Julie Bowen continuam compondo o elenco de belas vozes. Já na versão brasileira, Tatá Werneck assume o posto que foi da cantora Ivete Sangalo no primeiro filme, no papel de Dipper, um avião-tanque que é apaixonada por Dusty – nem ela conseguiu deixar o filme mais “engraçadinho”.

aviões

Talvez o grande problema dessa segunda versão é que o filme soa comercial demais, parecendo que o que a Disney quer, na verdade, é vender os seus brinquedos, já que não apresenta uma história interessante.

O telespectador pode ficar entediado e, portanto, Aviões 2 não justifica a sua presença nas telonas, podendo ser uma dessas animações que são lançadas diretamente como DVD. Aviões, quando foi criado, tinha o objetivo de ser o derivado de “Carros” e esse é mais um motivo para que a franquia esteja com a imagem desgastada.

Com o lançamento dessa segunda versão, a Disney prometia uma história mais interessante e cheia de aventuras. No entanto, deixa muito a desejar nesse quesito. Gregório Duvivier, conhecido pelos vídeos de “Porta dos Fundos”, foi quem adaptou as piadas do inglês para o português.

No filme, agora as pistas de corridas da primeira versão são substituídas pelos parques ambientais dos Estados Unidos, Yosemite e Yellowstone, que aparecem com riqueza de detalhes. “Thunderstruck”, da banda AC/DC talvez fosse uma tentativa de fazer com que os pais conseguissem assistir à animação com os filhos. Como novidade, surgem algumas empilhadeiras paraquedistas, que fazem de tudo no filme.

Uma grande curiosidade é que Aviões 2 não iria ser lançado no cinema, mas como a animação agradou à Disney, estreou na telona. A confiança dos produtores era tão grande que essa sequência começou a ser preparada antes mesmo do lançamento da primeira versão do filme.

Compartilhar12
Twittar
+1
12 Compart.