Amor fora da lei

Em quinze anos de carreira, Amor fora da lei é o terceiro filme do diretor norte americano, David Lowery que, agora, traz para as telonas uma história recheada de romance e aventura, que pode agradar bastante aos olhos do público. Rooney Mara, Keith Carradine, Ben Foster e Casey Affleck fazem parte do elenco principal, e são mais um motivo para o telespectador não perder esse drama. No filme, Ruth e Bob são jovens que foram criados juntos, sendo namorados desde a infância.

Com algumas estratégias de fotografia para evocar a melancolia do sentimentalismo do filme, a obra de Lowery aborda a vida dos jovens, que agora estão adultos e ganham a vida de forma criminosa.

Bob e Ruth roubam diversos lugares, até que um dia o crime não dá certo e eles veem a necessidade de se entregar. Como a mulher está grávida, o personagem interpretado por Casey Affleck se entrega às autoridades e o casal promete se reencontrar, quando Bob puder sair.

No desenrolar da história, o diretor trabalha com a perspectiva de Ruth, que cria a filha de Bob e adota a postura de que o tempo cura qualquer ferida, adotando novas visões em relação à vida, diferente das visões que tinha junto a Bob, que agora vive preso, manda cartas à amada e nutre uma obsessão por ela, procurando sempre relembrar do amor visceral do casal, com as histórias vividas no passado.

A história se passa na década de 70, quando o principal meio de comunicação eram as cartas. Bob fica preso durante quatro anos e depois foge; tempo suficiente para Ruth ter criado alguma intimidade com o policial Patrick Wheeler (Ben Foster), que se sente atraído pela mulher.

amor fora da lei

Quando o personagem sai da cadeia, ele deseja reencontrar Ruth mais do que tudo, inspirado na ideia de que o amor do casal era para sempre. No entanto, o policial Wheeler e o protetor da moça, o comerciante Skeritt (Keith Carradine), não concordam com a volta de Bob à vida de Ruth.

Nem o policial e nem o comerciante se unem para impedir a união do casal, porém, tomam medidas diferentes para que eles não retomem uma vida a dois.

Os momentos mais tensos do filme se passam justamente quando Bob foge da cadeia, obstinado a conhecer o filho, fruto da gravidez de Ruth quando ele foi preso. Em Amor fora da lei não existem cenas de riso, esse é um filme intenso, sem chances para as táticas de comédia.

Os personagens são complexos, com histórias individuais e interessantes. Não se trata, especificamente, de um filme capaz de levar o público ao choro, porém, a história de amor é interessante e ganha brilho com as boas atuações, nas quais Ruth já vive um senso mais realista, enquanto Bob para no tempo e revive aquele amor adolescente, preso às aventuras e roubos que os dois cometeram no passado.

Esse é um daqueles romances do qual os personagens se diferenciam com o tempo, mas existe algo em comum. E então, corra para o cinema neste fim de semana, antes diga qual a sua expectativa sobre este filme, use a área de comentários logo abaixo para registrar sua opinião 😉

Compartilhar4
Twittar
+1
4 Compart.